Imprimir esta página

Oficina discute CAR no Cerrado

Publicado: Quarta, 12 Dezembro 2012 17:03
SOPHIA GEBRIM

Propostas e sugestões para implantação do Cadastro Ambiental Rural (CAR) nos estados que integram o bioma Cerrado estão sendo apresentadas nesta quarta-feira (12/12), em Palmas (TO), na Oficina de Consulta Pública para Elaboração do Projeto de Regularização Ambiental de Imóveis Rurais no Cerrado. O encontro, promovido no âmbito do Programa de Investimento Florestal (FIP), é o primeiro de uma série de três oficinas organizadas pelo Ministério do Meio Ambiente em parceria com o FIP e o objetivo é discutir a agenda de regularização ambiental nos estados que integram o bioma: Minas Gerais, Goiás, Tocantins, Bahia, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Piauí e o Distrito Federal.

Ao longo das três oficinas serão consultados gestores públicos dos órgãos estaduais e municipais de meio ambiente, agricultura, institutos de terras, entidades representativas dos agricultores, ONGs, universidades, dentre outros. “A meta é garantir o fortalecimento das organizações ambientais na implantação do sistema de CAR, na inscrição dos imóveis nas áreas prioritárias do Projeto que prioritariamente contemplarão, no mínimo, 53 municípios que mais desmatam no bioma”, explica o coordenador do Departamento de Desenvolvimento Rural Sustentável do Ministério do Meio Ambiente, Allan Milhomens. Segundo ele, estão previstas, ainda, ações relacionadas à implantação de campanhas de divulgação e mobilização dos agricultores, e a implantação da infraestrutura de apoio aos estados e municípios que recepcionarão o CAR.

Milhomens destaca que a implantação do CAR nos estados e municípios do Cerrado permitirá uma melhor gestão das terras e florestas envolvidas. “A proposta dá escala a ações que reduzam o desmatamento, a degradação florestal e, por consequência, as emissões de gases de efeito estufa”. Segundo ele, isso acontece, pois, ao apoiar a agenda de regularização ambiental de imóveis rurais por meio do CAR, é possível melhorar ações de fiscalização e monitoramento do desmatamento e degradação da vegetação natural.

SAIBA MAIS

Essa ação de apoio à elaboração do projeto de regularização ambiental de imóveis rurais no bioma Cerrado faz parte do Programa de Investimentos em Florestas (FIP, sigla em inglês de Forest Investment Program), criado no âmbito dos Fundos de Investimento Climático (CIF). O Programa FIP é implantado por meio de empréstimo concessional de U$S 32 milhões e busca catalisar políticas, medidas e mobilizar fundos para facilitar a redução do desmatamento e da degradação florestal além de promover a melhoria da gestão sustentável das florestas, levando a reduções de emissões e à proteção dos estoques de carbono florestal.