Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Publicações > Biodiversidade > Agrobiodiversidade
Início do conteúdo da página

Agrobiodiversidade

Espécies Nativas da Flora Brasileira de Valor Econômico Atual ou Potencial – Plantas para o Futuro – Região Centro-Oeste
Tamamho do Arquivo:
53.89 MB
Data:
27 de Julho de 2017

2016. 1160p. Editores: Roberto Fontes Vieira, Julcéia Camillo e Lidio Coradin

O livro "Espécies Nativas da Flora Brasileira de Valor Econômico Atual ou Potencial – Plantas para o Futuro – Região Centro-Oeste" é o segundo de uma série de cinco livros que estão sendo publicados no âmbito da Iniciativa "Plantas para o Futuro" e do Projeto BFN (Biodiversidade para Alimentação e Nutrição).

Estas publicações têm como objetivo a ampliação do conhecimento sobre a biodiversidade brasileira, a conservação dos seus componentes e a promoção do uso das espécies nativas de valor econômico atual ou potencial, de uso local ou regional. Além dos livros referentes às regiões Sul e Centro-Oeste, já disponibilizados para o público, o Ministério do Meio Ambiente vem concentrando esforços para finalizar as publicações referentes as regiões Nordeste, Norte e Sudeste.

A Iniciativa Plantas para o futuro visa fundamentalmente a identificação de espécies nativas da flora brasileira que possam ser utilizadas como novas opções para a agricultura familiar na diversificação dos seus cultivos, ampliação das oportunidades de investimento pelo setor empresarial no desenvolvimento de novos produtos e na melhoria e redução da vulnerabilidade do sistema alimentar brasileiro.

Outro aspecto importante desta publicação é o estimulo produtivo e o fortalecimento da participação das comunidades locais, contribuindo para estreitar as relações entre o produtor e o consumidor. Além disso, objetiva evidenciar os benefícios socioeconômicos e ambientais decorrentes da biodiversidade nativa, oferecendo à sociedade produtos diversificados, de modo a suprir a crescente demanda por novas espécies de interesse alimentício, medicinal, cosmético, aromático, entre outros.

Da mesma forma, a iniciativa contribui para o resgate de compromissos internacionais assumidos pelo Brasil, particularmente no que se refere à promoção do uso sustentável de componentes da biodiversidade brasileira, a exemplo da Convenção sobre Diversidade Biológica e do Tratado Internacional sobre Recursos Fitogenéticos para a Alimentação e a Agricultura.

A publicação "Espécies Nativas da Flora Brasileira de Valor Econômico Atual ou Potencial - Plantas para o Futuro - Região Centro-Oeste" é apresentada nas versões digitais: PDF, eBook e ePub. Para acessar as versões, clique em "Download"


                                                                       A PUBLICAÇÃO ESTÁ SENDO DISPONIBILIZADA EM MEIO DIGITAL
Fontes Brasileiras de Carotenóides: Tabela Brasileira de Composição de Carotenóides em Alimentos
Data:
08 de Maio de 2012
Fontes Brasileiras de Carotenóides amplia o conhecimento sobre espécies de valor econômico atual ou potencial, contribuindo diretamente para promover um melhor aproveitamento dos recursos genéticos existentes no país.
Parentes Silvestres das Espécies de Plantas Cultivadas
Data:
07 de Maio de 2012
2006. 42p. Equipe Técnica: Lidio Coradin, Paulo Barroso, José Francisco Valls, Paulo Rangel, Maria Aldete Ferreira, Rui Mendes, Flávia Teixeira e Charles Clement.
 
A obra apresenta informações gerais sobre os parentes silvestres e as variedades crioulas das espécies de plantas cultivadas, destancando a importância de sua conservação. Além disso, apresenta um mapeamento da distribuição geográfica dos parentes silvestres e variedades crioulas de sete das principais plantas cultivadas no Brasil, sendo elas o algodão, o amendoim, o arroz, a abóbora, a mandioca, o milho e a pupunha.


                                                                                                   VERSÃO IMPRESSA ESGOTADA 
Iniciativas Transversais do Governo Brasileiro sobre Biodiversidade, Alimentação e Nutrição
Data:
07 de Maio de 2012
2006. 25p. Essa obra apresenta as principais iniciativas desenvolvidas pelo governo brasileiro voltadas para o uso da biodiversidade na alimentação e nutrição, abordando temas como segurança alimentar, produção de alimentos, promoção do uso da biodiversidade, nutrição e saúde, educação ambiental e alimentar, pesquisa e desenvolvimento, assim como inclusão social.


                                                                                                      VERSÃO IMPRESSA ESGOTADA 
Agrobiodiversidade e Diversidade Cultural
Data:
07 de Maio de 2012
2006. 88p. Coordenação: André Stella e Paulo Yoshio Kageyama
 
Esta publicação visa contribuir para um dos importantes objetivos setoriais do Governo Federal - a segurança e soberania alimentar. É fruto do trabalho de uma rede de colaboradores e de profunda mudança na compreensão da importância das comunidades para a conservação e o uso sustentável da agrobiodiversidade. Resulta do Encontro Nacional sobre Agrobiodiversidade e Diversidade Cultural realizado em Brasília em novembro de 2003, por iniciativa dos Ministérios da Cultura e do Meio Ambiente. Um dos propósitos da publicação é incentivar o debate entre os vários setores envolvidos com o tema - comunidade científica, organizações não governamentais, populações tradicionais e poder público – com vistas à formulação de políticas públicas destinadas ao resgate, valorização, conservação, manejo e uso sustentável da agrobiodiversidade, bem como dos conhecimentos e práticas a ela associados.


                                                                                                   VERSÃO IMPRESSA ESGOTADA 
Frutíferas e plantas úteis na vida amazônica
Data:
08 de Maio de 2012
2010. 2° ed. 315p. Editores: Patricia Shanley, Murilo Serra e Gabriel Medina
 
A Região Amazônica apresenta a maior área de remanescentes naturais de florestas tropicais do Planeta. Neste ambiente convivem milhões de espécies de plantas, animais e microorganismos. Dentre as espécies catalogadas estão centenas de frutíferas, com destaque para as contidas no livro FRUTÍFERAS E PLANTAS ÚTEIS NA VIDA AMAZÔNICA, cuja 2ª edição ampliada e revisada, em 2010, foi impressa com apoio do MMA. Nesse livro, apresentam-se informações muito valiosas para a conservação e uso sustentável dessa rica biodiversidade, a qual parte significativa ainda é desconhecida. Além disso, cabe destacar a importância dessas espécies para a segurança alimentar e por constituir-se em um componente essencial para a própria manutenção da diversidade genética das espécies com importância sócio-econômica atual e potencial da região amazônica.

Além da versão impressa, o "Frutíferas e plantas úteis na vida amazônica" é apresentado também nas versões digitais: PDF, eBook e ePub. Para acessar as versões, clique em "Download"

                                                                                                    VERSÃO IMPRESSA ESGOTADA 
Espécies Nativas da Flora Nativa de Valor Econômico Atual e Potencial - Plantas para o Futuro - Região Sul
Data:
25 de Julho de 2012
2011. 934p. Editores: Lidio Coradin, Alexandre Siminski e Ademir Reis
 
O livro "Espécies Nativas da Flora Brasileira de Valor Econômico Atual ou Potencial – Plantas para o Futuro – Região Sul" é o primeiro de uma série de cinco livros que serão publicados com base na Iniciativa "Plantas para o Futuro".

Essa iniciativa tem como objetivo promover o conhecimento, a conservação e o uso sustentável de espécies nativas da flora brasileira de valor econômico atual ou potencial, de uso local ou regional. Além do livro referente à Região Sul, o Ministério do Meio Ambiente vem desenvolvendo esforços visando a publicação dos livros referentes às regiões Sudeste, Nordeste, Centro-Oeste e Norte.

O objetivo dessa iniciativa diz respeito à identificação e priorização de espécies nativas da flora brasileira, com vistas à definição de novas opções para a agricultura familiar na diversificação dos seus cultivos, à ampliação das oportunidades de investimento pelo setor empresarial no desenvolvimento de novos produtos e à contribuição para a segurança alimentar e redução da vulnerabilidade do sistema alimentar brasileiro.

Além de estimular e favorecer a participação das comunidades locais, esta publicação tem por objetivo evidenciar os benefícios socioeconômicos e ambientais decorrentes da biodiversidade nativa, oferecendo à sociedade novas opções de cultivo, de modo a suprir a crescente demanda por outras espécies de interesse alimentício, medicinal, cosmético, aromático, entre outros.

Da mesma forma, a iniciativa contribui para o resgate de compromissos internacionais assumidos pelo país, particularmente no que se refere à promoção do uso sustentável de componentes da biodiversidade brasileira, a exemplo da Convenção sobre Diversidade Biológica e do Tratado Internacional sobre Recursos Fitogenéticos para a Alimentação e a Agricultura.

Além da versão impressa, o "Espécies Nativas da Flora Nativa de Valor Econômico Atual e Potencial - Plantas para o Futuro - Região Sul" é apresentado também nas versões digitais: PDF, eBook e ePub. Para acessar as versões, clique em "Download"


                                                                                                   VERSÃO IMPRESSA ESGOTADA 
Farmacopéia Popular do Cerrado
Data:
08 de Maio de 2012
2010. 356p. Articulação Pacari. Coordenação: Jaqueline Evangelista Dias e Lourdes Cardozo Laureano
 
Esta publicação é resultado de uma parceria entre o Ministério do Meio Ambiente e a Articulação Pacari de Plantas Medicinais, e faz parte do processo de reconhecimento e valorização dos saberes e práticas tradicionais e populares sobre o uso das plantas medicinais do bioma Cerrado, e sua conservação. É resultado de pesquisa popular com plantas medicinais, de autoria de 258 atores sociais, entre raizeiros, raizeiras e representantes de farmácias caseiras e/ou comunitárias. O Ministério do Meio Ambiente reconhece a Farmacopéia Popular do Cerrado como uma proposta a ser multiplicada, como precursora à elaboração de 'farmacopéias populares nos diferentes biomas brasileiros', e uma metodologia a ser adotada, de diálogo entre as comunidades e demais setores da sociedade, visando a complementação e respeito entre os diferentes sistemas de conhecimentos: tradicional e científico; com benefícios para todos. Esta publicação contém conhecimentos tradicionais associados à biodiversidade brasileira. Por força no disposto na Medida Provisória nº 2.186-16 de 23 de agosto de 2001, o acesso a esses conhecimentos para as finalidades de pesquisa científica, bioprospecção e desenvolvimento tecnológico está condicionado à anuência prévia da comunidade detentora do conhecimento e autorização prévia do Conselho de Gestão do Patrimônio Genético.

Além da versão impressa, o "Farmacopéia Popular do Cerrado" é apresentado também nas versões digitais: PDF, eBook e ePub. Para acessar as versões, clique em "Download".


                                                                                                   VERSÃO IMPRESSA ESGOTADA 
 
 
Powered by Phoca Download
Fim do conteúdo da página