Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página
Energia

Energia (60)

Como resultado de 5 anos de trabalho, o Projeto empreendeu e realizou capacitação e promoção de eficiência energética em prédios públicos com o objetivo influenciar e desenvolver o mercado de eficiência energética, culminando no Seminário Eficiência Energética e Mudança do Clima, realizado em Brasília, entre os dias 14 e 15 de dezembro de 2017. 

Abaixo estão os painéis e as apresentações de cada dia.  


Quinta-feira, 14 de dezembro 

Painel – Eficiência Energética
-       Mecanismo Garantidor de Eficiência Energética - Alvaro Silveira, sócio-diretor da Atla Consultoria
-       ProjetEEE – Projetando Edificações Energeticamente EficientesRoberto Lamberts, Professor do Departamento de Engenharia Civil da Universidade Federal de Santa Catarina e Coordenador do Projeto DEO, do Conselho Brasileiro de Construção Sustentável
-       Financiando Eficiência Energética - Ludmilla Diniz, Analista Técnica Regional para a América Latina e Caribe do PNUD

Painel – Eficiência Energética no Setor Público
-       Retrofit ANEELJoel de Menezes Niebuhr, doutor em Direito pela PUC-SP e sócio-fundador da Menezes Niebuhr Advogados
-       Regime Diferenciado de Contratação em Hospitais - Luisa Duborq do escritório Amaral e Paes de Andrade Advogados
-       Eficiência Energética e Parcerias Público-PrivadasRodrigo Machado, do escritório Madrona Advogados
-       Benchmarking de Consumo Energético de Prédios PúblicosRoberto Lamberts, Professor do Departamento de Engenharia Civil da Universidade Federal de Santa Catarina e Coordenador do Projeto DEO, do Conselho Brasileiro de Construção Sustentável
-       Chamadas Públicas PEE-ANEEL e o caso do Retrofit do Bloco  - Pedro Paulo da Silva Filho, do Grupo SAGE

Painel – Contratos de Desempenho Energético no Setor Público e a Visão dos Órgãos de Controle
-       O Estado da Arte dos Contratos de Desempenho no BrasilRaymundo Aragão, da Anima Consultoria e Projetos 
-       O TCU e os Contratos de Desempenho Energético no Setor PúblicoManoel Moreira de Souza Neto, Secretário de fiscalização de infraestrutura de Energia Elétrica do Tribunal de Contas da União
-       Controladoria Geral da União e os Contratos de Desempenho EnergéticoÁtylla Martins Ribeiro, Superintendente Substituto da Superintendência Regional do Ceará
-       Subsecretaria de Planejamento, Orçamento e Administração (SPOA)Ericsson Lima Macedo, Coordenador Geral de Gestão Administrativa
 

Sexta-feira, 14 de dezembro

Painel – Perspectivas da Mudança do Clima
-        Efeito Estufa e os Relatórios do IPCC  - Luiz Gylvan Meira Filho, ex-vice-presidente do Painel Intergovernamental sobre Mudança do Clima – IPCC, ex-co-presidente do Grupo de Trabalho Científico do IPCC
-        NDC e Negociações Internacionais - José Domingos Gonzalez Miguez, Diretor do Departamento de Políticas em Mudança do Clima do Ministério do Meio Ambiente
-        Eficiência Energética e Mudança do Clima - Jefferson Soares, Superintendente, Empresa de Pesquisa Energética (EPE) Ministério de Minas e Energia 
-        MDL Programático de Eficiência Energética em Prédios Públicos - Luis Filipe Kopp, Consultor do Projeto 3E

Leia mais:
1Prêmio Projeteee de Arquitetura Bioclimática
Conheça os vencedores do 1Prêmio Projeteee

 



Segunda, 22 Janeiro 2018 13:01

Parceiros

Conheça os parceiros do Projeto 3E:

 

thumb gefGEF - Global Environment Facility
 
 

thumb bidBID - Banco Interamericano de Desenvolvimento
 

Thumb PNUD
PNUD – Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento


 

thumb aneelANEEL – Agência Nacional de Energia Elétrica


thumb atlaATLA Consultoria

 

thumb esaf copyESAF – Escola de Administração Fazendária

 

thumb abescoABESCO – Associação Brasileira das Empresas de Serviços de Conservação de Energia

 

thumb EletrobrasEletrobrás – Centrais Elétricas Brasileiras SA

 

thmub gbcGBC - Green Building Council-Brasil

 

Quinta, 11 Janeiro 2018 16:10

Apresentações e Eventos

Diálogo do Projeto Esplanada Sustentável 2015
       Projeto Esplanada Sustentável
       PROBEN: Programa de bom uso energético
       Benchmarking de consume energético em edificações

12o COBEE - Congresso Brasileiro de Eficiência Energética 2015
       Chamadas Públicas do Programa de Eficiência Energética e Oportunidades para o Setor Público

1ª Conferência sobre Qualidade do Ambiente e Eficiência Energética de Edificações

       Plataforma ProjetEEE
       Efeitos não visuais da luz artificial na fisiologia humana
       Desempenho termoenergético e projeto da envoltória
       NBR 16401-201X – Parte II: Conforto Térmico
       Iluminação natural em edificações: potencial econômico, ambiental e humano
       Edifício Ambiental: mais qualidade arquitetônica e menos consumo de energia
       PBE Edifica – Etiquetagem de nível de eficiência energé$ca em edificações


Greenbuilding Brasil 2016
       Projeto 3E: Contratos de Eficiência Energética com base no desempenho no Setor Público
       Desempenho energético operacional em edificações
       Linhas de Financiamento
       Plataforma ProjetEEE
       Light: projetos de chamada pública 
       Eletrobrás: Selo Procel
       Ministério do Planejamento, desenvolvimento e gestão: Programa de bom uso energético em edifícios públicos
       PBE Edifica: A certificação de pessoas como possível solução
       Comissionamento de ar condicionado
       Retrocomissionamento de ar condicionado

 
 



Quinta, 11 Janeiro 2018 14:18

Vídeos

Vídeo 1: Introdução à Ence em Edifícios

Etiqueta Nacional de Conservação de Energia (Ence) em Edificícios



Vídeo 2: Etiqueta Nacional de Conservação de Energia - Envoltória

Dois gestores de planejamento de um órgão público são convocados para uma reunião. Eles precisam avaliar a envoltória (fachadas, paredes externas e coberturas) para uma reforma do edifício onde trabalham. Será que eles vão conseguir uma etiqueta nível A no Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE)?



Vídeo 3: Etiqueta Nacional de Conservação de Energia - Iluminação

Dois gestores de planejamento de um órgão público são convocados para uma reunião. Eles precisam avaliar a envoltória (fachadas, paredes externas e coberturas) para uma reforma do edifício onde trabalham. Será que eles vão conseguir uma etiqueta nível A no Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE)?



Vídeo 4: Etiqueta Nacional de Conservação de Energia - Condicionamento de Ar

Dois gestores de planejamento de um órgão público são convocados para uma reunião. Eles precisam avaliar a envoltória (fachadas, paredes externas e coberturas) para uma reforma do edifício onde trabalham. Será que eles vão conseguir uma etiqueta nível A no Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE)?



Vídeo 5: Etiqueta Nacional de Conservação de Energia (ENCE)

Nos últimos 10 anos, o consumo de eletricidade no Brasil aumentou 35%. As mudanças do clima, que já estão em curso, têm influência direta da ação humana segundo o IPCC. É urgente a necessidade de medidas globais para mitigar os riscos, como a construção de cidades mais sustentáveis. Confira ações Brasileiras para redução das emissões de gases de efeito estufa.



Vídeo 6: Introdução ao Método de Simulação de Eficiência Energética

Vanessa é uma jovem engenheira que trabalha no Departamento de Planejamento e Gestão em um órgão público. O financiamento do projeto de reforma no qual está envolvida não foi aprovado por falta de dados. Antes de desistir de tudo, ela decide consultar um especialista em eficiência. Você sabia que existem programas de simulação dinâmica de edifícios que podem ajudar a resolver problemas como o da Vanessa? Confira!
  


Vídeo 7: Projetando Edificações Energeticamente Eficientes

Você já imaginou como seria se um edifício não precisasse de energia? Quer saber como integrar a eficiência energética ao seu projeto arquitetônico? Confira no vídeo!



Vídeo 8: Aquecimento Solar de Água

Será que faz sentido usar eletricidade nobre para aquecer chuveiros elétricos em um país com tanto sol como o Brasil? Confira o vídeo

Quinta, 11 Janeiro 2018 13:04

Guias

thumb guia1Eficiência Energética: Guia para a Etiquetagem de Edifícios - Vol.01
Este é um guia com o objetivo de sensibilizar arquitetos, engenheiros e projetistas para o Programa Brasileiro de Etiquetagem de Edificações (PBE Edifica). Erguer edifícios com sistemas que se adaptem melhor às condições climáticas nas regiões onde estão construídos, proporcionando melhor conforto ao usuário, garante mais economia, maior produtividade e melhor valorização do empreendimento. 

Saiba mais

Thumb guia2Eficiência Energética: Guia para a Etiquetagem de Edifícios - Vol.02
Ao longo deste volume, ensinamos o passo a passo para a obtenção da etiquetagem junto aos órgãos oficiais e modelos de Etiqueta Nacional de Conservação de Energia (ENCE) possíveis. Serão ainda apresentados os principais pontos do Regulamento Técnico da Qualidade para o Nível de Eficiência Energética de Edifícios Comerciais, de Serviços e Públicos (RTQ-C) que arquitetos, engenheiros e projetistas devem levar em conta no momento do planejamento da obra. 

Saiba mais

thumb guiacheklistEficiência Energética: Guia para Etiquetagem de Edifícios - Anexo Checklist para aplicação do RTQ-C para as Zonas Bioclimáticas Brasileira
O checklist permite acompanhar os requisitos obrigatórios para todos os itens abordados pelo Regulamento Técnico da Qualidade para Edifícios Comerciais, de Serviços e Públicos (RTQ-C).
Saiba mais

thumb guiapraticoGuia Prático: Conceitos e Ferramentas de Gestão e Auditoria Energéticas
O objetivo desse guia é sensibilizar gestores ligados aos departamentos de gestão, manutenção e administração de edifícios públicos para aimportância da redução de gatos com a conta de energia elétrica. Há ferramentas e conceitos de auditoria e gestão energéticas, apresentados ao longo desse guia, que auxiliam os gestores a promoverem a eficiência energética em seus locais de atuação.
Saiba mais


Outros links: 
       Guia Prático de Eficiência Energética 
       Relatório Técnico de Desenvolvimento de Benchmarks
       Guia Prático para Projetos de Eficiência Energética em Edifícios Através de Parcerias Público-Privadas

 
Quinta, 11 Janeiro 2018 12:19

Ferramentas

thumb guiasGuias
Guias didáticos sobre normas em etiquetagem de edifícios e projetos de eficiência energética
Saiba mais



thumb videosVídeos
Vídeos didáticos sobre Etiqueta Nacional de Conservação de Energia (ENCE), com aspectos do processo de etiquetagem 

Saiba mais




Thumb estudosEstudos
Estudos resultantes do Projeto 3E
Saiba mais





thumb modelosModelos de documentos
Editais e modelos sobre eficiência energética para consulta
Saiba mais





thumb apresentacoesApresentações e Eventos
Conjunto de apresentações realizadas sobre o Projeto 3E em eventos
Saiba mais
No âmbito da capacitação, uma linha de atuação está voltada à disseminação do Mecanismo de Garantia de Eficiência Energética (Energy Efficiency Guarantee Mechanism - EEGM), sob responsabilidade do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Para seu pleno funcionamento, em especial junto ao setor financeiro, é necessário estruturar grupos de pessoas com reconhecido saber na área de eficiência energética para realizar as análises de projetos de eficiência energética em edifícios, de modo a dar suporte técnico na aprovação dos referidos projetos.

Os investimentos em eficiência energética em geral são como o modelo de ‘project finance’, contudo em valores muito menores do que os normalmente aplicados neste modelo, se tornando onerosos para as áreas de análise de projetos de bancos comerciais. Neste sentido, o BID atua por meio do Mecanismo de Garantia no aval técnico de projetos de eficiência energética com o intuito de quebrar a resistência de bancos e suas exigências por garantias reais para este tipo de projetos. 

O administrador local do Mecanismo de Garantia de U$ 25 milhões de dólares, dos quais U$ 10 milhões advêm do BID e U$ 15 milhões do GEF (Global Environmental Facility), é a empresa Atla Consultoria, que analisa os projetos sob dois principais aspectos: financeiro e técnico. São contemplados dois tipos de garantias parciais de crédito: Garantia Abrangente de Riscos, com cobertura para inadimplências causadas por motivos técnicos e de fiabilidade creditícia e Garantia de Risco Técnico, com cobertura para inadimplências causadas por motivos técnicos (desempenho insuficiente nos termos do contrato de eficiência energética). É possível obter mais informações sobre o Mecanismo de Garantia em www.eegm.org.

Foi contratada consultoria com o objetivo de sensibilizar os agentes do mercado financeiro e de especialistas técnicos, através do desenvolvimento de modelos essenciais para a análise técnico-financeira de projetos de eficiência energética e de metodologia para uso e aplicação dos mesmos.

A normatização do processo de avaliação é essencial a fim de que os procedimentos para aplicação ao fundo de aval sejam padronizados e facilite tanto o trabalho dos pareceristas técnicos, quanto dos analistas financeiros. A sensibilização dos agentes financeiros e a disponibilização de modelos de relatórios de qualidade para os especialistas podem diminuir consideravelmente os custos de transação do procedimento de avaliação de crédito. 

Os modelos desenvolvidos no âmbito desta contratação servirão não apenas para o Mecanismo de Garantia de Eficiência Energética, mas também para o mercado em geral (agentes da eficiência energética e mercado financeiro), servindo como ferramenta para a sensibilização de agentes destes setores e também para introdução de novas metodologias de avaliação de projetos para especialistas técnicos e, portanto permeou todo o trabalho da consultoria.

Os produtos desse trabalho estão disponíveis nos links abaixo:

       Ferramenta de Avaliação de Diagnótico Energético

       Modelo de Relatório de Diagnóstico e de Proposta de Retrofit Energético de Edificações
       Modelo de Avaliação de Projetos de Eficiência Energética para Aval Técnico de Instituições Financeiras
       Modelo de Roteiro para Qualificação Profissional de Avaliador Independente de Projetos de Eficiência Energética
Quarta, 10 Janeiro 2018 19:19

Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL)

O desenvolvimento de projetos dentro do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) da Convenção Quadro das Nações Unidas sobre a Mudança do Clima (CQNUMC) possibilita a obtenção de incentivos financeiros para investimentos em eficiência energética.

Atividades de Projetos de Programas de Atividades (PoAs) com diferentes tecnologias já foram aprovados pelo Comitê Executivo do MDL e tiveram Reduções Certificadas de Emissão (RCEs) emitidas, gerando receitas para seus respectivos desenvolvedores. A análise de projetos de sucesso, tal como dos projetos que não alcançaram o registro, são de extrema importância para análise de viabilidade de um projeto de eficiência energética no Brasil.

Assim, foram realizados dois estudos do MDL no âmbito do Projeto 3E. Um primeiro estudo busca identificar projetos de eficiência energética realizados em todo mundo e que buscaram estes incentivos do MDL para tornarem- se financeiramente viáveis. O objetivo do segundo estudo é avaliar a viabilidade técnica e econômica de um Programa de Atividades (PoA) dentro do MDL que promova a adoção de medidas de eficiência energética em edificações públicas, das esferas municiais, estaduais e federal. Uma avaliação de metodologias para os projetos de MDL de eficiência energética para aplicação em edificações públicas também foi realizada.

Confira abaixo os resultados:

Pagina 1 de 5
Fim do conteúdo da página