Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > InforMMA > Livro traça panorama da erosão costeira
Início do conteúdo da página

Notícias

Livro traça panorama da erosão costeira

Lançada nesta segunda-feira (5) em simpósio no Rio, publicação traz dados que contribuem para a gestão da linha de costa no Brasil.
Publicado: Segunda, 05 Novembro 2018 17:16 Última modificação: Terça, 06 Novembro 2018 08:35
Crédito: Reprodução da capa Livro traça panorama da erosão costeira

Brasília – O Ministério do Meio Ambiente (MMA) lança, nesta segunda-feira (5), no I Simpósio Brasileiro de Geologia e Geofísica Marinha, no Rio de Janeiro, o livro Panorama da Erosão Costeira no Brasil. O simpósio, que segue até a sexta-feira (9), conta com a participação da Coordenação Geral de Gerenciamento Costeiro do ministério.

A publicação é fruto do trabalho dos pesquisadores e colaboradores do Programa de Geologia e Geofísica Marinha (PGGM), em parceria com o projeto Terramar, coordenado pelo MMA, e aborda políticas públicas como o Plano Nacional de Gerenciamento Costeiro (PNGC, 1988), o Plano Nacional de Adaptação (PNA, 2016) e o Plano Nacional de Recursos Hídricos (PNRH, 2016).
 
Traz dados para atingir os objetivos do projeto Projeção de linhas de costa futuras e identificação de perigos costeiros, que trata das alterações previstas para a linha de costa brasileira, permitindo uma gestão baseada em informações que levem em conta os 40% da atual linha de costa em processos erosivos.
 
O projeto é um dos quatro estudos do Programa Nacional de Conservação da Linha de Costa, o Procosta, instituído em março deste ano pelo MMA e apresentado como compromisso voluntário assumido pelo Brasil na ONU durante a Conferência dos Oceanos, em junho de 2017.
 
Os dados contidos no livro podem ainda ser utilizados por gestores estaduais e municipais na elaboração de planos de perigos e riscos costeiros, em que o monitoramento das informações produzidas será a base para uma gestão comprometida com a conservação da costa brasileira dentro de um planejamento territorial de longo prazo.
 
SAIBA MAIS
 
Com mais de 8 mil quilômetros de extensão, a zona costeira do Brasil é um desafio para qualquer estudo em escala nacional, tanto pelo tamanho da área como pela sua diversidade ecossistêmica e climática.
 
Abriga importantes bens territoriais e biodiversos, sendo que 60% de sua extensão enfrenta processos de equilíbrio ou progradação (avanço da linha do mar), de forma que necessitam reconhecimento estratégico como áreas de segurança costeira.
 
Diante dessa complexidade, o grupo de diretrizes para a pesquisa oceanográfica no Brasil, formado por pesquisadores de renome nacional, delineou em 1969 os primeiros passos para a implantação do Programa de Geologia e Geofísica Marinha (PGGM). O livro, lançado no evento no Rio, traz agora um panorama das ações desenvolvidas nessa área.
 

Por: Ascom MMA

Assessoria de Comunicação Social (Ascom/MMA)
(61) 2028-1227/ 1311/ 1437
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Fim do conteúdo da página