Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Comunicação > Notícias - InforMMA
Início do conteúdo da página
 
Sexta, 05 Setembro 2014 16:00

“Cerrado - Uma janela para o planeta” é a mostra no CCBB

Martim Garcia/MMA

A exposição: retrato de um bioma diverso

Exposição revela um bioma rico, diverso e repleto de peculiaridades.


RAFAELA RIBEIRO

A exposição “Cerrado - Uma janela para o planeta” desnuda um ambiente marcado pela diversidade de suas paisagens. Também conhecido como berço das águas, o bioma é um mosaico de muitas diversidades: seres vivos, ambientes, cultura e interações. “O Cerrado, no centro do Brasil, é um dos biomas mais importantes do mundo, com muitas espécies que só tem aqui”, destacou o secretário de Biodiversidade e Florestas do Ministério do Meio Ambiente, Roberto Cavalcanti. “Metade das plantas não existe em nenhum outro lugar do mundo”. O evento começou na manhã desta sexta-feira (05/09), no Centro Cultural do Banco do Brasil (CCBB), em Brasília.

Com o apoio do Ministério do Meio Ambiente (MMA), a exposição conta com projeção de filmes, programa educativo, oficinas e feira do Cerrado. O público se surpreende com a mistura de imagens, luzes e sons. Pássaros cantando, trovões, chuva e outros animais. Os efeitos causam ao visitante sensações e emoções peculiares.

TRÊS MÓDULOS

A mostra é dividida em três módulos: Grande Sertão Veredas: paisagens do cerrado; A Trama do Cerrado: diversidade e Os Quatro Elementos: água, fogo, terra e ar. O primeiro traz as formações vegetais que compõem o bioma. O público pode observar as paisagens, a vegetação, a luz, o solo, ouvir os sons da fauna e do vento. O segundo momento trata da rica diversidade do Cerrado. O visitante conhecerá os abrigos de diferentes animais, insetos, peixes e a variedade de sementes, frutos e folhas que o bioma acolhe. Neste ambiente estão montados sistemas simples que reproduzem a disseminação das sementes pelo vento e pela água.

No terceiro módulo o visitante vai conhecer um pouco da história geológica do Cerrado, a diversidade de solos e suas relações com as formações vegetais, da importância da vegetação para o clima e para o ciclo da água. E também entender a influência do fogo na dinâmica das paisagens do Cerrado incluindo as respostas da flora e da fauna. 

Roberto Cavalcanti ressalta a importância do Cerrado como grande celeiro do país, grande produtor agrícola. “O futuro da produção agrícola depende da estratégia de conservação do Cerrado”, disse. “É importante conhecer as espécies, conhecer o que elas exigem e dar condições para que se possa ter a coexistência de diversas atividades o mesmo ambiente”.

Para o secretário é importante que a nova geração, crianças e adolescentes, conheçam bem o Cerrado para, assim, protegê-lo. “Nós protegemos aquilo que conhecemos”, explicou. “A vivência da exposição te propicia conhecer melhor as espécies e identificá-las no meio ambiente.” A exposição fica no CCBB até 19 de outubro e pode ser visitada de quarta a segunda, das 9h às 21h.



Fim do conteúdo da página