Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Comunicação > Notícias - InforMMA
Início do conteúdo da página
 
Quinta, 24 Maio 2018 17:30

ICMBio lança revista eletrônica

Com circulação exclusiva pela internet, Biodiversa trará mensalmente um panorama das ações do Instituto. Confira a primeira edição.


Brasília (24/05/2018) – Atlas dos manguezais do Brasil, termo de compromisso com os índios pataxós que vivem no interior do Parque Nacional do Descobrimento, na Bahia, e compartilhamento do sistema de monitoria de Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPNs) com estados e municípios são os destaques da primeira edição da Biodiversa, revista eletrônica do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), lançada na terça-feira (22), Dia Internacional da Biodiversidade.

A publicação, que terá periodicidade mensal e será disponibilizada na última quarta-feira de cada mês no site do ICMBio, é dirigida a toda a sociedade brasileira, em especial aos parceiros do Instituto, como os conselheiros de unidades de conservação (UCs), voluntários e pesquisadores. A intenção é oferecer um panorama das ações realizadas pelo órgão em todo o país.

Autarquia vinculada ao Ministério do Meio Ambiente (MMA), o ICMBio é responsável pela gestão das unidades de conservação federais. São, ao todo, 333 UCs distribuídas pelos vários estados e biomas brasileiros. Juntas, elas somam cerca de 70 milhões de hectares no continente e zona costeiro-marinha, o equivalente a quase 10% do território brasileiro, e 92 milhões de hectares de águas oceânicas, em torno de 25% dos nossos mares.

Além das notícias, a revista traz três seções fixas: galeria de fotos temáticas, com imagens da biodiversidade brasileira protegida pelo Instituto; entrevista sobre ações promovidas pelo órgão; e seleção dos posts que mais atraíram a atenção dos internautas nas redes sociais do ICMBio.

"Já temos uma revista de circulação interna que alcançou um nível de qualidade muito bom, reflexo do trabalho que é desenvolvido pelo Instituto. Chegou a hora de mostrar esse trabalho para o público externo, primeiramente focando nos parceiros, mas também para toda a sociedade, que precisa conhecer o trabalho tão bacana que é desenvolvido pelo ICMBio", diz Márcia Muchagata, chefe da Divisão de Comunicação Social (DCom).

 

Por: Ascom MMA


Assessoria de Comunicação Social (Ascom/MMA)
(61) 2028-1227/ 1311/ 1437
imprensa@mma.gov.br



Fim do conteúdo da página