Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Comunicação > Notícias - InforMMA
Início do conteúdo da página
 
Quinta, 19 Abril 2018 00:00

Reunião discute conservação de primatas

Robson Czaban
Sauim-de-colera: criticamente em perigo

Grupo formado por governo e organizações ambientais mobiliza esforços para a proteção das 35 espécies ameaçadas de extinção.


Brasília (19/04/2018) – O Grupo Gestor e da Secretaria Executiva da Operação Primatas reúne-se nesta sexta-feira (20), a partir das 14h30, no Ministério do Meio Ambiente (MMA), na 505 Norte, em Brasília. No encontro, representantes do MMA e demais parceiros vão avaliar os desafios e próximos passos para a implementação das ações. É a primeira reunião do grupo.

A Operação Primatas – Ações Críticas para a Conservação de Primatas Brasileiros Ameaçados de Extinção foi criada em agosto de 2017 durante o XVII Congresso Brasileiro de Primatologia, em Pirenópolis, Goiás. O objetivo é unir esforços para a conservação das 35 espécies brasileiras de primatas ameaçados de extinção, de acordo com a Lista Nacional Oficial de Espécies da Fauna Ameaçadas de Extinção, com especial atenção para as seis espécies criticamente ameaçadas.

As ações preveem a ampliação da Reserva Biológica da Mata Escura (MG) e da Estação Ecológica Mico-Leão-Preto (SP); a criação de unidades de conservação para o sauim-de-coleira (AM), os primatas criticamente ameaçados e em perigo de extinção da Caatinga (BA), o guigó-de-Coimbra-Filho (SE, BA) e o macaco-prego-galego (PB, RN, PE); implementação das áreas protegidas e mosaicos nas florestas de Barreiro Rico e São Francisco Xavier para proteger o muriqui-do-sul (SP); e proteção dos primatas do Mosaico do Gurupi (MA, PA).

Além do Ministério do Meio Ambiente (MMA), compõem o Grupo Gestor da Operação Primatas a Sociedade Brasileira de Primatologia (SBPr); a União Internacional para Conservação da Natureza (UICN); o Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo (IEA/USP); o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio); e os consutores Fábio Feldmann e Bráulio Dias. Já a secretaria executiva é composta pela Conservation International (CI); World Wildlife Fund (WWF); MMA e ICMBio.

 

Por: Ascom MMA


Assessoria de Comunicação Social (Ascom/MMA)
(61) 2028-1227/ 1311/ 1437
imprensa@mma.gov.br



Fim do conteúdo da página