Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Comunicação > Notícias - InforMMA
Início do conteúdo da página
 
Terça, 20 Março 2018 19:30

Fórum discute adaptação aos efeitos da mudança do clima

Marcela Saad/MMA
Celina (C): redução de prejuízos

Debate abordou integração entre gestão de recursos hídricos e medidas para reduzir os impactos decorrentes do aumento da temperatura média do Planeta.


Brasília (20/03/2018) – A adaptação aos efeitos da mudança do clima, como inundações e secas severas, está entre as prioridades dos gestores públicos, ambientalistas e pesquisadores reunidos no 8º Fórum Mundial da Água, que ocorre até o fim desta semana, em Brasília. Nesta terça-feira, o Ministério do Meio Ambiente (MMA), a sociedade civil e representantes do setor produtivo destacaram a importância de medidas para a agenda climática e as ações que têm desenvolvido em relação ao assunto.

Os avanços do Plano Nacional de Adaptação, instituído pelo MMA, e a contribuição do instrumento para a gestão dos recursos hídricos no país foram abordados. A coordenadora-geral de Ações em Mudança do Clima do Ministério, Celina Xavier, enfatizou a necessidade de medidas para reduzir os prejuízos associados à agenda. “Todo mundo já está sentindo os efeitos. A água, em alguns lugares, já está sendo racionada e há uma série de mudanças em relação às enchentes”, exemplificou. 

Um estudo sobre o potencial das medidas de adaptação, contratado pela Agência Nacional de Águas (ANA) e realizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), também foi analisado durante o evento. A pesquisa aborda o caso da Bacia dos Rios Piancó-Piranhas-Açu, no sertão da Paraíba e do Rio Grande do Norte, em uma região afetada pela ausência de chuvas e pela limitada oferta de água potável. O coordenador de projetos da FGV, Alexandre Gross, destacou os benefícios econômicos e sociais nessa área. “Há esperança e medidas de adaptação à mudança do clima muito positivas”, afirmou Gross.

FUNDO CLIMA

A primeira reunião do Comitê Gestor do Fundo Nacional sobre Mudança do Clima (Fundo Clima) também ocorreu nesta terça-feira, no MMA. O grupo formado por representantes de órgãos federais do Executivo, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), dos estados e municípios, da sociedade civil, dos trabalhadores rurais e da academia discutiu a aplicação de recursos para o ano vigente. 

Vinculado ao MMA, o Fundo Clima é um dos principais instrumentos da Política Nacional sobre Mudança do Clima (PNMC). O instrumento financia projetos de apoio a pesquisas e programas de mitigação e adaptação. Entre eles, há estudos para aproveitamento energético de biogás, construção de indicadores de vulnerabilidade da população, recuperação de dados meteorológicos históricos e manejo florestal. As ações são desenvolvidas por órgãos públicos, pela academia e por organizações não-governamentais.

 

MATÉRIAS RELACIONADAS:

País passa a proteger 25% dos oceanos

Brasil se destaca em políticas ambientais

Ministro inaugura espaço no Fórum da Água

Começa o 8º Fórum Mundial da Água

 

Por: Ascom MMA


Assessoria de Comunicação Social (Ascom/MMA)
(61) 2028-1227/ 1311/ 1437
imprensa@mma.gov.br



Fim do conteúdo da página