Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Comunicação > Notícias - InforMMA
Início do conteúdo da página
 
Quinta, 08 Março 2018 19:30

Brasil confirma novas UCs Marinhas

Arquivo ICMBio
Arquipélago de São Pedro (PE)

Na Cúpula dos Oceanos, presidente Temer confirma, em vídeo, criação das áreas de proteção São Pedro-São Paulo e Trindade-Martin Vaz.


Brasília (08/03/18) – O presidente Michel Temer anunciou, nesta quinta-feira, que o Brasil atingirá, em breve, o patamar de 25% de suas áreas marinhas em unidades de conservação. Ele confirmou a criação dos parques marinhos dos arquipélagos de São Paulo e São Pedro (PE) e nas ilhas de Trindade e Martim Vaz (ES). As áreas somadas chegam a 921 milhões de quilômetros quadrados, maior que a dos estados Goiás e Minas Gerais juntos.

A informação, gravada em vídeo, foi apresentada durante a Cúpula Mundial do Oceano, em Cancún, no México. O presidente destacou o apoio brasileiro aos esforços do fórum em favor da preservação da biodiversidade marinha e do uso sustentável dos recursos oceânicos. “Essa é uma causa que nos une”, disse.

Assista ao vídeo com a mensagem do Presidente da República

Para cumprir os compromissos assumidos pelo país perante a Organização da Nações Unidas, as chamadas metas de Aichi, bastaria atingir 17% do mar territorial convertidos em áreas protegidas. “O passo que estamos dando resguarda a nossa rica biodiversidade e renova nosso compromisso com um mundo mais sustentável”, destacou Temer.

Cláudio Maretti (foto ao lado), diretor de Ações Socioambientais e Consolidação Territorial em Unidades de Conservação do ICMBio, representante do Brasil na  Cúpula, destacou a Iniciativa Azul. A ação busca parcerias para o desenvolvimento de projetos de gestão das áreas protegidas costeiro-marinhas. Os anúncios, segundo analisa, “reafirmam a liderança brasileira em termos de conservação da natureza”.

O diretor do Instituto confirmou, ainda para esse mês, a criação de cinco novas reservas extrativistas e a ampliação das áreas protegidas nos manguezais Maranhão e Pará, com 5 mil quilômetros quadrados. Segundo explicou, a medida é um passo importante para a conservação da natureza e para o desenvolvimento sustentável.  “Atenderá a milhares de pescadores artesanais, a indústria da pesca e abrirá novas possibilidades de turismo sustentável”, concluiu.

CÚPULA

A quinta Cúpula Mundial do Oceano (World Ocean Summit) acontece em Cancún, no México, até amanhã (09/03). Realizada pelo grupo de comunicação The Economist desde 2012, o fórum reúne líderes de 36 países para discutir os problemas relacionada os oceanos. A ideia é influenciar o debate sobre o uso sustentável e a preservação ambiental nos mares.

APOIO

Na segunda-feira passada (5), o ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, reuniu-se com o presidente Temer e outros integrantes do governo para acertar os últimos detalhes da criação das áreas. A iniciativa recebeu apoio da oceanógrafa norte-americana Sylvia Earle, ícone mundial da luta pela conservação. “O que o governo brasileiro anuncia é importante não só para o Brasil, mas para toda a Humanidade”, declarou Earle. A audiência foi acompanhada por diversos ambientalistas brasileiros.

Assista ao vídeo da oceanógrafa Sylvia Earle

 

Por: Assessoria de Comunicação do MMA, com informações do ICMBio.

 


Assessoria de Comunicação Social (Ascom/MMA)
(61) 2028-1227/ 1311/ 1437
imprensa@mma.gov.br



Fim do conteúdo da página