Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Comunicação > Notícias - InforMMA
Início do conteúdo da página
 
Quinta, 21 Setembro 2017 17:30

Especialistas discutem Reservas da Biosfera

Paulo de Araújo/MMA
Comissão: importância das reservas

Representantes de diferentes biomas estão reunidos em Brasília até esta sexta-feira (22/09) para discutir a conservação desses ecossistemas.


WALESKA BARBOSA

Representantes das Reservas da Biosfera brasileiras estiveram reunidos nesta quinta-feira (21/09), no Ministério do Meio Ambiente, em Brasília, para a 10ª Reunião Ordinária da Comissão Brasileira do programa O Homem e a Biosfera (Cobramab).

O programa, coordenado pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) é a instância que define as reservas da biosfera em todo o mundo. Elas são áreas de ecossistemas terrestres e marinhos reconhecidas internacionalmente como importantes para a conservação da biodiversidade e para o desenvolvimento sustentável.

A abertura da reunião contou com a presença do secretário de Biodiversidade do Ministério, José Pedro de Oliveira Costa, e do diretor do Departamento de Áreas Protegidas, Warwick do Amaral Manfrinato. Participaram representantes das Reservas da Biosfera da Amazônia Central, Caatinga, Cerrado, Cinturão Verde da Cidade de São Paulo, Mata Atlântica e Serra do Espinhaço, de órgãos governamentais, entidades ambientalistas, científicas e da sociedade civil.

Na pauta, discussões sobre o andamento de grupos técnicos no âmbito da Comissão, sobre a criação de novas unidades de conservação relacionadas às reservas da biosfera, estratégias adotadas para o cumprimento das recomendações da Unesco sobre a RB do Cerrado e sobre estratégias de comunicação que podem potencializar o uso das reservas e a internalização do conceito por todos os brasileiros.

CONECTIVIDADE DE PAISAGENS

José Pedro destacou a importância das reservas para a execução de outras políticas públicas que preveem a conservação da biodiversidade como o projeto Conectividade de Paisagens. Ele também fez um apanhado das discussões levadas pelo Brasil ao 4º Congresso Internacional sobre Áreas Marinhas Protegidas (Impac4) em La Serena-Coquimbo (Chile) e das políticas implementadas pelo ministério na área de biodiversidade.

“Tivemos conquistas importantes como a ampliação do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros e a designação de dez novas áreas úmidas como Sítios RAmsar”, exemplificou. Para Warwick Manfrinato, a reunião da Cobramab demonstra o êxito da estratégia da atual gestão do MMA em incentivar o diálogo e o trabalho em rede.

De acordo com o oficial de projeto da Unesco, Massimiliano Lombardo, a reunião do Cobramab é importante para que cada membro se atualize sobre o atual estágio de implementação do Programa MaB no Brasil. “O elemento central do programa no mundo são as reservas da biosfera. No país são sete em quase todos os biomas, exceto os Pampas. Elas são áreas que geralmente incluem unidades de conservação, têm seu próprio zoneamento territorial e são importantes porque protegem ecossistemas. Desenvolvem a função de conservação da biodiversidade mas são inovadoras ao incluir a questão do desenvolvimento sustentável”, afirmou.

VITÓRIA-TRINDADE

Na reunião foi apresentado um estudo para a candidatura do que pode vir a ser a primeira Reserva da Biosfera Marinha do Brasil, Vitória-Trindade, no Espírito Santo. E ainda uma pesquisa que indica estratégias de comunicação viáveis para aproximar o país das reservas da biosfera e sua importância.

“É preciso haver conectividade entre os atores envolvidos”, disse o jornalista Aldem Bourscheit. Para ele, a implementação de planos de comunicação é importante. “Mas mesmo quando não há recursos é possível realizar ações simples e sem custos como o uso de redes sociais e a disseminação orgânica das informações”, afirmou.

A reunião faz parte de uma série de eventos com o objetivo de compartilhar experiências e ações entre as reservas, que começou nesta quarta-feira (20/09) e se encerra na sexta (22/09), com a realização do Simpósio Reservas da Biosfera Brasileiras – Parcerias e Ações Transformadoras, no Jardim Botânico de Brasília.

 


Assessoria de Comunicação Social (Ascom/MMA)
(61) 2028-1227/ 1311/ 1437
imprensa@mma.gov.br



Fim do conteúdo da página