Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Comunicação > Notícias - InforMMA
Início do conteúdo da página
 
Terça, 12 Setembro 2017 14:00

Situação no Javari preocupa Ministério

Operação do Ibama no Amazonas em agosto fechou garimpos ilegais na região onde pode ter ocorrido massacre em terra indígena.


O Ministério do Meio Ambiente acompanha com apreensão as informações de um massacre atribuído a garimpeiros, de grupo de índios isolados, conhecidos como “flecheiros”, na região do Vale do Javari (AM). No momento, o Ministério Público Federal de Tabatinga e a Polícia Federal, de acordo com a Fundação Nacional do Índio, investigam este caso que choca a todos, pela vulnerabilidade dos índios, ainda sem contato com a Funai.

O caso torna-se ainda mais grave pelo fato de os índios viverem numa área criada para protegê-los, a Terra Indígena Vale do Javari, próxima da fronteira com o Peru, que nos últimos anos enfrenta a crescente invasão de garimpos. A terra indígena, com 8,5 milhões de hectares, foi homologada em 2011.

No final do mês de agosto, foi realizada operação de combate ao garimpo ilegal na mesma região, que resultou na destruição de dragas e na aplicação de multa de mais de R$ 1 milhão para seis garimpeiros por crime ambiental. A ação MMA/Ibama e Funai, com o apoio do Exército, ocorreu no município de São Paulo de Olivença.

É urgente, agora, que tais informações sejam esclarecidas, já que não se sabe a extensão do massacre relatado, diante das dificuldades enfrentadas para chegar ao local (12 horas de barco nesse período de seca). Ao mesmo tempo, é fundamental promover a expulsão dos garimpeiros remanescentes, punir exemplarmente os responsáveis e fortalecer a fiscalização da terra indígena.

 

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE

 


Assessoria de Comunicação Social (Ascom/MMA)
(61) 2028-1227/ 1311/ 1437
imprensa@mma.gov.br



Fim do conteúdo da página