Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Histórico de construção do Programa


Com o objetivo de contribuir para a formulação de uma Política Pública de Educação Ambiental voltada para a Agricultura Familiar, o Departamento de Educação Ambiental - DEA iniciou, em 2009, a construção participativa desse programa, a partir da pauta apresentada pelos agricultores e agricultoras familiares no Grito da Terra 2009. Esse foi o início de um Programa de Educação Ambiental voltado para a capacitação, sensibilização e mobilização dos trabalhadores e trabalhadoras rurais nas questões referentes ao meio ambiente e à produção agroecológica.

Para obter informações norteadoras e levantar as ações semelhantes e/ou que atuam com o mesmo público, foram realizadas reuniões com diversos segmentos envolvidos com Agricultura Familiar, como representantes do poder público e dos movimentos sociais e sindicais que empreenderam o Grito da Terra 2009: CONTAG, Secretaria de Extrativismo e Desenvolvimento Rural Sustentável, Ministério do Desenvolvimento Agrário (Secretaria de Desenvolvimento Territorial) e Movimento dos Trabalhadores Sem Terra.

Essas reuniões foram preparatórias para a realização da 1° Oficina de Educação Ambiental e Agricultura Familiar, nos dias 29 e 30 de outubro de 2009, no Centro Nacional de Desenvolvimento e Capacitação de RH – CENTRE/IBAMA. O objetivo foi contribuir para a formulação de uma Política Pública de Educação Ambiental voltada para a Agricultura Familiar.

Após a oficina, o DEA aprofundou o relacionamento com o Ministério do Desenvolvimento Agrário, em especial com a Secretaria de Desenvolvimento Territorial, visando um processo de construção conjunta da proposta para o Programa Nacional de Educação Ambiental e Agricultura Familiar. Como resultado dessa parceria, foram realizadas três oficinas em que se buscou, além do subsídios para o programa, testar metodologias nos territórios rurais.

No dia 19 de abril foi realizada, em Brasília, uma roda de conversa com especialistas visando obter contribuições para o aprimoramento da proposta do Programa.

A seguir, foram realizadas as três oficinas acima citadas objetivando subsidiar a construção do PNEA-AF e também qualificar a componente ambiental do Plano Territorial de Desenvolvimento Rural Sustentável dos territórios envolvidos.

- 31 de maio a 2 de junho de 2010: Oficina de Educação Ambiental e Agricultura Familiar no Território das Águas Emendadas;

- 21 a 24 de setembro de 2010: Oficina de Educação Ambiental e Agricultura Familiar no Território da Cidadania Chapada dos Veadeiros;

- 09 a 12 de novembro de 2010: Oficina de Educação Ambiental e Agricultura Familiar no Território da Cidadania Vale do Paranã.Em 2011 foi realizada a Oficina de Formadores em Educação Ambiental na Agricultura Familiar - Território da Cidadania Madeira Mamoré / Rondônia com vistas à qualificação de profissionais e lideranças de agricultores familiares para a sua atuação enquanto multiplicador do PEAAF.

Em Março de 2012, durante o VII Fórum Brasileiro de Educação Ambiental em Salvador, Bahia, foram promovidas duas Rodas de Conversas para apresentação e discussão do PEAAF com os educadores ambientais presentes. 

Em Abril foi lançado o Edital de Boas Práticas de Educação Ambiental na Agricultura Familiar com o objetivo de mapear e divulgar nacionalmente até 30 experiências bem sucedidas e juntá-las em uma publicação.

Nos dias 28, 29 e 30 de novembro de 2012 o Departamento de Educação Ambiental organizou o “Seminário de Boas Práticas em Educação Ambiental na Agricultura Familiar”, em Brasília/DF, quando foi lançado o livro "Boas Práticas em Educação Ambiental na Agricultura Familiar", com as 25 experiências selecionadas pelo Edital. No Seminário as experiências foram apresentadas e discutidas, havendo um debate também sobre o Programa de Regularização Ambiental (PRA/MMA), a Política Nacional de Agroecologia e Produção Orgânica (PNAPO) e a Política Nacional de Juventude Rural (em formulação). Por meio de trabalhos de grupo, foram discutidas diretrizes para processos de Educação Ambiental junto à Agricultura Familiar, que foram apresentadas e sistematizadas em Plenária no último dia do evento. 



Veja nossos relatórios

Relatório da 1ª Oficina de Educação Ambiental e Agricultura Familiar - Brasília-DF

Relatório da Roda de Conversa: "Educação Ambiental e Agricultura Familiar" - Brasília-DF

Relatório da Oficina Piloto: "Educação Ambiental e Agricultura Familiar nos Territórios Rurais" - Unaí-MG

Anexos do relatório da Oficina Piloto: "Educação Ambiental e Agricultura Familiar nos Territórios Rurais" - Unaí-MG

Relatório da Oficina de Educação Ambiental e Agricultura Familiar no Território da Cidadania Chapada dos Veadeiros - Cavalcante-GO

Relatório da Oficina de Educação Ambiental e Agricultura Familiar no Território da Cidadania do Vale do Paranã - Divinópolis de Goiás - GO

Anexos do Relatório da Oficina de Educação Ambiental e Agricultura Familiar no Território da Cidadania do Vale do Paranã - Divinópolis de Goiás - GO

 

 

 

 

 

Fim do conteúdo da página