Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Mudança do Clima > Energia > Projetos > Energia > Benchmark de consumo energético de edifícios
Início do conteúdo da página

Benchmark de consumo energético de edifícios

logo2

RESULTADOS DA SELEÇÃO

Quanto um prédio de hospital consome? Qual é a média de consumo registrado, para este tipo de edifício? Quanto um hospital eficiente deveria ou pode consumir?
 

São essas respostas que o Ministério do Meio Ambiente está buscando através da colaboração com a iniciativa de realizar o benchmark do consumo de energia de edifícios no Brasil. Dessa forma, será possível compreender o padrão de consumo e demanda de energia de edifícios de variadas tipologias, como escolas, hospitais, prédios de escritórios, shoppings, entre outras. Essa iniciativa é realizada em parceria com a Eletrobrás/Procel e o Conselho Brasileiro de Construção Sustentável- CBCS.

O MMA colabora para o benchmark de edifícios na tipologia de escritórios com área superior a 500m2, das administrações públicas federal, estadual e municipal, com o objetivo de medir o quanto o investimento em eficiência energética poderá contribuir para a redução das emissões de gases de efeito estufa pelo setor.

Um significativo número de instituições já colaborou, tendo sido doados dados das contas de energia dos últimos 12 meses, área útil e número de ocupantes de mais de 260 edifícios nas diversas regiões brasileiras. Os dados tem caráter confidencial e serão a base para o desenvolvimento de ferramenta computacional que permitirá acessar o cenário do consumo energético de edifícios públicos e comparar seus desempenhos. As instituições participantes receberão chave de acesso à ferramenta que auxiliará na gestão energética do edifício.

A partir da primeira amostragem, serão selecionados 20 prédios, com baixo desempenho energético e cujas instituições apresentem compromisso com a implementação de medidas de conservação de energia, para a realização de auditoria detalhada. Os edifícios selecionados receberão medidores trifásicos de sinal remoto para emitir informações precisas de consumo energético. Além disso, haverá capacitação em gestão e uso dos aparelhos para os técnicos que atuam nesses prédios.

Esse trabalho está sendo executado no âmbito do projeto Transformação do Mercado de Eficiência Energética no Brasil, executado pelo MMA em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) e financiado pelo Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF, na sigla em inglês).

O objetivo da ação é contribuir com a economia de até 880 mil MWh de eletricidade nos próximos 20 anos, resultando em redução de emissão direta de CO2 de 485.100 tCO2 e indireta pós projetada de 2.910.600  tCO2.

Material didático:

Capacitação: Medidores

Treinamento: Benchmarking

Relatório de Desenvolvimento de Benchmarks

Resumo: Gestão de Energia

Ferramenta de Benchmarking


Fim do conteúdo da página