Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

SP - São Paulo 061-MA


Imagem

Projeto PDA 061-MA
Criação e ampliação de Unidades de Conservação no Estado de São Paulo com Base no Princípio da Representatividade

Ficha-Resumo

Imagem

Cartilha - Unidades de Conservação: Conservando a vida, os bens e os serviços ambientais

Efetividade de Gestão das Unidades de
Conservação Federais do Brasil

Uma visão de biodiversidade da ecorregião florestas do Alto Paraná - Planejando a paisagem de conservação da biodiversidade e estabelecendo prioridades para as ações de conservação

 

 

WWF - Brasil

SHIS Eq QL 6/8 Conjunto E - 2º andar

Brasília - DF 

CEP: 71620-430

TELEFONE: (61) 3364-7400

FAX: (61) 3364-7474

divulgação da FFlorestal sobre a ultima reunião publica
 

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

http://www.wwf.org.br

Na maior parte dos casos, as unidades de conservação (UC´s) são criadas a partir de critérios antropocêntricos. Dessa forma, áreas marginais acabam por ser destinadas a esse fim sem que critérios técnicos sejam considerados. O oportunismo prevalece sobre critérios ambientais e com isso os sistemas de UC´s normalmente não levam em conta importantes princípios da biologia da conservação tais como representatividade, complementariedade, persistência entre outros. Como conseqüência tem-se que os sistemas de UC´s contribuem pouco para a representação da biodiversidade regional; alguns aspectos da biodiversidade são super representados; metas de conservação não são consideradas na seleção das áreas, ou seja, a abordagem tradicional provoca um aumento do sistema de UC´s com baixa eficiência. A parceria entre o WWF-Brasil e o Instituto Florestal do Estado de São Paulo (IF), iniciou-se em 2004 a partir da aplicação da metodologia RAPPAM (Rapid Assesment and Prioritization of Protected Areas Management/WWF). No momento, as duas instituições estão direcionando seus esforços para a implementação das recomendações do RAPPAM, sendo que um dos vários itens apreciados foi à representatividade do sistema. Nossa meta é aumentar a representatividade da biodiversidade atualmente protegida de forma a buscar a garantia da conservação de espécies e ambientes. A presente proposta, além de resultar em ações concretas para a criação/ampliação de novas áreas protegidas, tem um caráter demonstrativo intrínseco e deve servir como referência e inspiração no assunto para outros estados.



            

 

Fim do conteúdo da página