Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Início do conteúdo da página

Recuperação de áreas degradadas

Neste componente foram realizadas capacitações em práticas sustentáveis, por meio de visitas técnicas, com o objetivo de levar os técnicos locais a conhecer estratégias de recuperação de passivos ambientais e experiências de produção agropecuária sustentável.

Para subsidiar a elaboração do Plano Municipal de Recuperação de Áreas Degradadas em São Félix do Xingu, o projeto contratou estudos específicos e está conduzindo a implantação de um programa piloto, por meio do qual serão implantadas unidades demonstrativas em propriedades rurais da agricultura familiar, conforme especificados abaixo:

Estudo sobre coleta de sementes e implantação de viveiros

Realizado em parceria com a Emater, para identificação de experiências e lições aprendidas sobre coleta de sementes e implantação de viveiros florestais, com enfoque na gestão, manutenção e na viabilidade econômica. Foram pesquisadas experiências em São Félix do Xingu e em Xinguara, Água Azul do Norte, Ourilândia do Norte, Tucumã e Canaã dos Carajás, todos no estado do Pará.

Estudo socioeconômico e diagnóstico ambiental

Levantamento e sistematização de dados e informações relativos à situação socioeconômica e de ocupação do solo, aos passivos ambientais, às potencialidades econômicas e ecoturísticas, às tipologias dos sistemas produtivos, diversificação econômica e desenvolvimento socioeconômico, dentre outros aspectos. O diagnóstico ambiental faz o mapeamento do uso e da ocupação do solo para identificar espacialmente áreas degradadas e o levantamento das tipologias de cobertura vegetal no município.

Programa piloto de recuperação de áreas degradadas e de produção sustentável

Será implementado em pelo menos 30 propriedades rurais da agricultura familiar, contemplando também áreas localizadas no perímetro da APA Triunfo do Xingu. Nas propriedades serão implantadas unidades demonstrativas com utilização de métodos de condução da regeneração natural, plantio de espécies nativas e capacitações em práticas de produção sustentável. O processo para seleção da instituição que irá elaborar e executar a proposta do programa piloto ocorreu por meio de carta convite, encontrando-se em fase de conclusão. 
Fim do conteúdo da página